O nivel de Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial na UEM tem como propósito a formação de Engenheiros e gestores de produção industrial com uma forte componete de implementação e operecionalização de projectos bem como da gestão e operacionalização de programas de manunteção– técnicos de nível universitário com uma sólida base científica, com conhecimentos abarcando a generalidade dos domínios tradicionais da Engenharia Mecânica, e com preparação para um constante progresso e adaptação às imprevisíveis evoluções da ciência, técnica e do meio sócio-económico.
 
Objectivos Especificos
Para além do objectivo de formar graduados  com habilidades, de implementação e operacionalizção de projectos bem como da gestão e operacionalizção  de programas de manunteção, constituem também objectivos importantes:
-  Incentivar o espírito de pesquisa de métodos melhorados de gestão e produção de peças e elementos de máquinas, de tratamento dos metais e ligas, de transformação e utilização de energia, de produção e utilização de equipamentos térmicos que garantam o uso racional de recursos disponíveis com a preservação do meio ambiente.
-    Promover a educação permanente e a extensão cultural.
 
Perfil do Graduado
Perfil Ocupacional
O graduado em Engenharia e Gestão Industrial  poderá exercer a sua profissão nos seguintes sectores de actividade:
  • Entendimento do funcionamento dos mercados e da forma de interacção dos agentes ecomonicos;
  • Manunteção indusrial e construções de maquinas;
  • Formação de técnicos básicos, médios e superiores; 
  • Oficinas de meios circulantes (terrestres, aquáticos e aéreos);
  • Indústria metalúrgica;
  • Indústria ligeira e metalo-mecânicas;
  • Maquinas de elevação e transporte;
  • Instalações de produçao e aproveitamento de energias termica; e  
  • refrigeração e climatização.
As Actividades, funções e ocupação que poderão  ser desempenhadas pelo Licenciado do curso de Engenharia e Getão Industrial, são as seguintes:
  •  Planificação e gestão da produção;
  • Direcção técnica e Fabril;
  • Direcçaõ de serviços auxiliares nas empresas e/ou organismo, tais como transporte, manunteçao, armazenagem entre outras;
  • Concepção de processos tecnológicos e operacionalização de projectos de inplementação de sistemas de produção;
  • Controle de qualidade de peças;
  • Optimização de processo tecnológicos, concepção e desenvolvimento de alternativa para utilização de energias;
  • Getao integrado dos modelos organizacionais; 
  • Gestão de impresa e formulação de estratégias competitivas e desenvolvimento; e 
  • Desenvolvimento das politicas de produção, "marketing" e logistica.

 

  • Perfil Profissional
Deve Conhecer
O Licenciado em Engenharia de Gestão Industrial deve conhecer:

 O princiopio da organização científica do trabalho;

 A estrutura e o princípio de funcionamento dos elementos de máquinas; 

 Os metodos de cálculos de resistência mecânica e ao desgaste dos elementos de máquinas sob acção de diferentes tipos de regras; 

 As técnicas de produção e classificação dos metais e ligas, ferrosas e não ferrosas;

 As regras e normas de Desenho de Máquinas;

 A classifição, construção e aplicação das Maquinas-Ferramentas;

 Os princípios basicos de funcionamento de aparelhos e dispositivos electrónicos;

 A problemátização da protecção, segurança  no trabalho e do meio ambiente;

 Os métodos de medição e de controle de vários parâmetros tecnológicos;

 Os principios da macanização e aumentação dos processos de produção industrail;

 A documentação técnica para a eleboração e avaliação de projectos;

 O desenvolvimento actual dos métodos de produção;

 Os aparelhos e metodos para o controlo de qualidade de peças e elementos de máquinas;

 A organização, planificação e controle de qualidade na aindústria;

 A viabilidade dos métodos de recuperação de peças e de reparação de máquinas;

 A estrutura e o princípio de funcionamento das instalações termotécnicas;

 Tratamento térmico mecânico e termoquímico de ligas metálicas;

 Os métodos de produção de energia;

 Os métodos de medição e de controlo dos parâmetros termotécnicos;

 A classificação, construção e aplicação dos dispositivos termotécnicos;

 Os recentes avanços na ciência e na técnica;

 Os planos nacionais de desenvolvimento económico, social e cultural (índice nacional de prudução industrial, etc.) e 

 A influencia dos diferentes métodos de elaboração dos metais e ligas sobre a estrutura interna e as suas propriedades.