1. DESIGNAÇÃO
    O Centro de Estudos de Engenharia - Unidade de Produção, com a designação abreviada (CEE-UP), é a entidade responsável pelo estabelecimento do elo de ligação entre a Faculdade de Engenharia da Universidade Eduardo Mondlane e o sector produtivo como a Industria, e toda a comunidade produtiva em geral.
  2. SEDE E ENDEREÇOS
    O CENTRO DE ESTUDOS DE ENGENHARIA, esta sediado no Campus da Faculdade de Engenharia, sito na Av. De Moçambique, km 1,5.
     Endereço oficial: C.P 257 – Faculdade de Engenharia – UEM
     Maputo – MOÇAMBIQUE
     Telefone e Tel/Fax: +258 21475312
     Telemóvel: +258 82 8229848
     e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  3. DEFINIÇÃO
  4.  CENTRO DE ESTUDOS DE ENGENHARIA é um Departamento da Faculdade de Engenharia da UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE que coordena e dinamiza a intervenção dos restantes Departamentos da Faculdade de Engenharia no sector produtivo, quer na indústria bem como na comunidade em geral através de prestação de serviços de vária ordem, desde a realização de projectos de formação, investigação, engenharia multidisciplinar, etc. O CEE e um Departamento com autonomia administrativa e financeira, e está credenciado para a realização de projectos e estudos em vários domínios da engenharia.
  5. OBJECTIVOS
    Sendo o CENTRO DE ESTUDOS DE ENGENHARIA, uma organização virada para as aplicações de Engenharia, para a investigação e para o desenvolvimento entende-se como seus objectivos principais os seguintes:
     
            5.1 Possibilitar aos docentes a realização de actividade profissional através de realização de Projectos e Consultoria no CEE-UP ou no mercado.
            5.2 Contribuir para o desenvolvimento e resolução dos problemas da área de engenharia em Moçambique através da utilização sistemática, coordenada e integrada das suas capacidades, seus recursos e de desenvolvimento de novas tecnologias ou adaptação das existentes;
            5.3 Aferir a qualidade da educação oferecida pela Faculdade de Engenharia com as necessidades de indústria através do confronto permanente entre estas;
            5.4  Criar os recursos materiais e financeiros para melhorar as condições de vida e de trabalho na Faculdade de Engenharia;
          5.5 Garantir uma contínua actualização e integração da Faculdade de Engenharia nos novos desenvolvimentos em curso no país, trazendo para esta os desafios e oportunidades correntes.
  6. TAREFAS
    Tendo em mente os objectivos que norteiam o CENTRO DE ESTUDOS DE ENGENHARIA, definiram-se como principais tarefas as seguintes:
           6.1 Organização e gestão da consultoria técnica realizada por contrato com realce para as actividades pluridisciplinares;
           6.2 Realização de projectos e similares em regime de contrato;
           6.3 Organização de cursos para profissionais, em conjugação com os respectivos Departamentos;
           6.4 Contratação e suporte da produção de textos técnicos e manuais;
           6.5 Angariação e organização da investigação contratada pela indústria;
           6.6 Organização e financiamento de investigação de iniciativa da Faculdade de Engenharia;
           6.7 Venda de resultados de investigação obtidos pelos departamentos através de projectos de curso, trabalho de diploma entre outros;
           6.8 Realização de trabalhos oficinais e de laboratório, com base na mão-de-obra qualificada existente na Faculdade;
           6.9 Organização de cursos, palestras e acções de formação de interesse comum na área de Engenharia;
  7. ORGANIZAÇÃO E RECURSOS
    O CENTRO DE ESTUDOS DE ENGENHARIA, está organizado do seguinte modo:
           7.1 Uma direcção que é composta por um Director proposto pelo Director da Faculdade de Engenharia e nomeado pelo Magnífico Reitor da UEM;
           7.2 Uma secretaria onde se realiza todo o trabalho administrativo;
          7.3 Um gabinete de consultoria à disposição das equipas com projectos em curso no CEE-UP. Este gabinete está equipado com meios informáticos necessários, como computadores, impressora, fotocopiadora, e todos meios técnicos para o bom desenvolvimento dos seus projectos;
          7.4 Serviço de contabilidade;
          7.5 Serviço de transporte e apoio logístico (coordenado pela secretaria);
         7.6 Para além do seu Director, pessoal administrativo e de apoio, o Centro de Estudos de Engenharia utiliza uma vasta gama de técnicos qualificados e experientes em todas as áreas de engenharia existentes na Faculdade. Deste lote de técnicos, funcionários afectos a Faculdade de Engenharia, destacam-se especialistas e investigadores de renome da nossa praça;
          7.7 O Centro de Estudos de Engenharia possui instalações próprias apetrechadas com equipamento de escritório, telecomunicações, e tem acesso a diversas infra-estruturas e recurso da Universidade Eduardo Mondlane tais como Bibliotecas, Laboratórios, Anfiteatros, etc. quando a natureza dos trabalhos a desenvolver assim o recomenda.
  8. ACTUAÇÃO
    Os trabalhos do CENTRO DE ESTUDOS DE ENGENHARIA, são em primeiro lugar fruto da iniciativa dos departamentos da Faculdade de Engenharia, ou de membros isolados. Podem igualmente ser motivados por instituições provenientes de outras Faculdades da UEM, ou do mercado de trabalho. No entanto, a direcção do CEE, desencadeia acções de marketing de forma a angariar trabalhos e propõe ao(s) departamento(s) a realização destes trabalho angariados por sua iniciativa.
     
           8.1 Para cada trabalho define-se uma equipa voluntária que assina um termo de compromisso (contrato), antes do início de referido trabalho. Essa equipa deverá zelar para que o trabalho decorra sem problemas, actuando com brio, disciplina e responsabilidade profissionais;
           8.2 A equipa de trabalho é designada pelo(s) departamento(s) na sua(s) área(s) de competência cabendo ao Director do Centro de Estudos de Engenharia a última decisão quanto a coordenação na formação da equipa;
          8.3 O Centro de Estudos de Engenharia, pode recorrer a consultores e especialistas da Universidade Eduardo Mondlane ou estranhos a esta, em condições a acordar em cada caso de maneira a responder cabalmente os seus projectos.
     
    Para além de trabalhos de consultoria com vista a render fundos para a Faculdade, o CEE-UP apoia iniciativa de investigação para estudantes e docentes de modo a poderem melhorar a sua qualidade profissional.
     
    Dispomos de vários consultores com relevante experiência que poderão incluir as equipa sempre que necessário.
     
    O facto do país passar por um momento de constantes alterações e inovações curriculares, permite que o CEE-UP esteja sempre actualizado no desenvolvimento curricular, sobretudo numa altura em que se pretende um ensino técnico-profissional com enfoque no "saber fazer", onde todas as componentes de ensino e aprendizagem concorrem para o sucesso da metodologia de ensino centrado no estudante, onde o professor é um facilitador e o estudante o principal protagonista.
     
    O CEE-UP tem igualmente experiência na formação de formadores, tendo como última acção, realizado um programa de formação de professores do ensino técnico-médio de vários institutos industriais do país, num trabalho de consultoria solicitado pelo PIREP.
     
    Director do Centro: dr. Américo Ocua Dimande